quinta-feira, 4 de agosto de 2022

DC | Warner anuncia divisão cinematográfica e confirma planejamento de 10 anos

Uma nova equipe será responsável pelo universo compartilhado



O novo CEO da Warner Bros. Discovery, David Zaslav, confirmou em reunião para acionistas que a criação de uma divisão cinematográfica para a DC é uma prioridade. Com isso, teremos uma equipe planejando “aproximadamente dez anos” de histórias envolvendo os principais vilões e heróis da marca, como a trindade Superman, Batman e Mulher-Maravilha.

A grande inspiração vem da própria Marvel Studios, a principal concorrente, que conseguiu um verdadeiro império sob as lideranças de Alan Horn, Bob Iger, que apoiaram Kevin Feige em sua jornada no MCU. Inclusive, Alan Horn vai retornar a Warner, agora para atuar como um consultor dessa administração da Warner Bros. Discovery. 

Na apresentação, foi mencionado o filme da Batgirl e seu cancelamento, com a explicação de que o projeto "não faz parte do atual plano de streaming", mesmo com o filme já estando gravado e em fase de pós-produção, assim como aconteceu com a animação "Scoob: Holiday Haunt". Confira a declaração sobre Batgirl:

  • “Nosso objetivo, além de fazer a DC crescer (nos próximos anos) junto com seus personagens, é proteger a marca. Não vamos colocar um filme (no mercado) do qual não acreditamos, especialmente no que diz respeito à DC.”
Antes mesmo da reunião sobre o futuro da HBO Max, a Warner havia emitido um comunicado oficial sobre o cancelamento. Leia a seguir:

  • ‎”A decisão de não lançar Batgirl está relacionada à mudança estratégica de nossa liderança no que se refere ao Universo DC e HBO Max. Leslie Grace é uma atriz incrivelmente talentosa e essa decisão não é um reflexo de sua performance. Somos incrivelmente gratos aos diretores de Batgirl e Scoob! Holiday Haunt e seus respectivos elencos. Esperamos colaborar com todos novamente em um futuro próximo.”‎

Assim como foi no período de sua entrada como novo CEO da empresa, David Zaslav continuou citando a importância de Batman, Superman e Mulher Maravilha durante a apresentação da WBD. 

Além disso, David Zaslav ressaltou que o foco a partir de agora não será na quantidade de produções, e sim na qualidade, afirmando que nenhum filme será lançado antes de ficar realmente pronto. Sobre as próximas produções do DCEU, disse o seguinte:

  • "Vimos Flash, Adão Negro e Shazam 2. Estamos muito empolgados com eles. Já os vimos. Achamos que são ótimos e achamos que podemos torná-los ainda melhores."

David Zaslav deixou claro o objetivo da Warner Bros. Discovery em relação a DC, inclusive confirmando que não teremos filmes lançados exclusivamente para streaming:

  • "O objetivo é fazer crescer a marca DC, crescer os personagens DC, mas tão importante quanto, é proteger a marca DC. Estamos fazendo uma mudança estratégica... Vários filmes serão lançados com janelas mais curtas. Alguns podem ter diferentes tipos de campanhas de marketing. Sempre seremos ágeis. Nosso foco será no cinema."

Além disso, David Zaslav pretende cortar gastos em animações, provavelmente lançadas em DVD. Contudo, as animações de sucesso não devem adentrar nesse corte.

Assim como rumores indicavam, HBO Max e Discovery+ se fundirão em um único serviço de streaming até o verão de 2023 nos EUA, e alguns meses depois na América Latina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário