quinta-feira, 25 de junho de 2015

Capitão América: Guerra Civil | William Hurt diz que General Ross do filme nao sera o mesmo de O Incrivel Hulk

Veremos o Hulk Vermelho?



William Hurt falou ao IGN sobre o retorno do General Ross ao universo cinematográfico da Marvel.

O personagem, que apareceu em   O Incrível Hulk  (2008), estará em Capitão América: Guerra Civil , mas será bastante diferente da sua versão original, garante Hurt. "Amei interpretar Ross a primeira vez pois pude tentar e criar um ego maior do que o monstro que ele estava perseguindo. E tão deformado quanto. [O Ross de Guerra Civil] é diferente pois é um estilo diferente. É mais moderno. E o que eles fizeram foi pegar o personagem que era o Ross do antigo filme e fazer uma nova versão. É um Ross mais novo. Muito diferente. E gosto muito. Não tive muito tempo para entender, mas estou fazendo o melhor que posso. E eles ainda não me demitiram".

Rumores sugerem que parte dessa "nova versão" seria a transformação do personagem no Hulk Vermelho.

Confira a sinopse oficial do filme: "Capitão América: Guerra Civil começa onde Vingadores: Era de Ultron  parou, com Steve Rogers liderando a nova equipe dos Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Depois que outro incidente internacional envolvendo os Vingadores causa danos colaterais, o aumento da pressão política resulta na instalação de um sistema de responsabilidade e um conselho governamental para determinar quando solicitar os serviços da equipe. O novo status quo fragmenta a equipe enquanto eles tentam proteger o mundo de um novo e nefasto vilão".

Chris Evans (Capitão América), Robert Downey Jr. (Homem de Ferro), Frank Grillo (Ossos Cruzados), Chadwick Boseman (Pantera Negra), Scarlett Johansson (Viúva Negra), Sebastian Stan (Soldado Invernal), Anthony Mackie (Falcão), Jeremy Renner (Gavião Arqueiro), Elizabeth Olsen (Feiticeira Escarlate), Daniel Brühl (Barão Zemo), Emily VanCamp (Agente 13), Don Cheadle(Jim Rhodes/Máquina de Combate), Paul Bettany (Visão), Paul Rudd (Homem-Formiga), William Hurt (General Ross) e Martin Freeman  estão no elenco. As filmagens devem seguir até agosto.

Anthony e Joe Russo dirigem o roteiro de Christopher Markus e Stephen McFeely. Capitão América: Guerra Civil estreia em 5 de maio de 2016.

X-Men '92 | Mutantes da série animada ganham HQ veja o preview

A Marvel   começa a publicar nesta quarta-feira nos EUA mais uma nova HQ ligada à saga Guerras Secretas , desta vez com os personagens da série de TV dos X-Men   dos anos 1990. Veja páginas e capas da primeira edição:



Chad Bowers e Chris Sims escrevem a série X-Men '92 , que Scott Koblish desenha. Na televisão, a série animada noventista popularizou junto ao grande público personagens como Gambit e Jubileu.

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Uncharted | Filme pode ter perdido diretor por redução de orçamento


Uncharted pode ter perdido o seu diretor. Segundo o Heroic Hollywood , Seth Gordon teria deixado o cargo depois que Tom Rothman, presidente da Sony Pictures, reduziu a produção a categoria de baixo orçamento. Antes, o estúdio via o filme como o seu Indiana Jones, mas Rothman, que assumiu o lugar de Amy Pascal em fevereiro deste ano, enxerga a adaptação com algo na linha de Resident Evil.

Mark Wahlberg chegou a ser cotado para viver o explorador Nathan Drake - leia mais. A adaptação não seguirá a história do jogo, um dos mais aclamados do PlayStation 3. A produção está a cargo de Charles Roven, Avi Arad (produtor de todos os filmes do Homem-Aranha no cinema) e Alex Gartner.

Na trama do filme, o caçador de tesouros Nathan Drake sai em busca da mística cidade de El Dorado. O longa já perdeu os diretores Neil Burger e David O. Russell em 2012. A estreia está prevista para junho de 2016.

Batman: Arkham Knight | Rocksteady divulga configurações recomendadas para minimizar problemas no PC

Versão foi lançada com bugs nesta terça-feira (23)



A versão para PC de  Batman: Arkham Knight  foi lançada com diversos problemas e, para tentar minimizar o desconforto dos donos desta plataforma, a Rocksteady voltou aos fóruns de comunidade do game para falar sobre a situação.

Nesta nova atualização, o estúdio volta a afirmar que está trabalhando de perto com as fabricantes de placa de video Nvidia e AMD para resolver o problema e também divulgou uma lista de configurações dentro do game que podem minimizar os problemas na versão de PC, de acordo com os requisitos de sistema recomendados (veja eles aqui). Confira:

Computadores com requisitos mínimos de sistema:

Resolution: 1280x720
V-Sync: Off
Anti-Aliasing: Off
Texture Resolution: Low
Shadow Quality: Low
Level of Detail: Low
Interactive Smoke/Fog: Off
Interactive Paper Debris: Off
Enhanced Rain: Off
Enhanced Light Shafts: Off
Expected: 30fps (capped)

Computadores com configuração recomendada:

Resolution: 1920x1080
V-Sync: On
Anti-Aliasing: On
Texture Resolution: Normal
Shadow Quality: Normal
Level of Detail: Normal
Interactive Smoke/Fog: Off
Interactive Paper Debris: Off
Enhanced Rain: Off
Enhanced Light Shafts: Off
Expected: 30fps (capped)


Batman: Arkham Knight é o segmento final na história começada em Arkham Asylum. O Espantalho reúne um time de vilões que inclui Pinguim, Duas-Caras e Arlequina para destruir o Cavaleiro das Trevas. O Bat-móvel será pilotável pela primeira vez na franquia. Além disso, a cidade de Gotham poderá ser explorada pelo jogador.

O game é desenvolvido pela Rocksteady, assim como a trilogia Arkham, e chega ao Brasil em 25 de junho. O jogo chega para PlayStation 4  e  Xbox One por R$ 249,90 e para PC por R$ 119,90 - os menus e as legendas também serão 100% em português.

Crossover entre Quarteto Fantástico e X-Men no cinema pode sair em 2018

Fox já reservou a data



O possível crossover entre Quarteto Fantástico e  X-Men   não é novidade. A possibilidade é discutida há anos (sendo a última notícia de dezembro de 2014), mas agora o Latino-Review   afirma que o filme já tem data para estrear.

O longa chegaria aos cinemas em julho de 2018, data já reservada pela Fox. Tudo, é claro, dependeria do resultado de Quarteto Fantástico  nas bilheterias, mas o roteirista Simon Kinberg já se mostrou aberto à ideia diversas vezes. Pistas desse crossover poderiam aparecer já no filme do Quarteto e em X-Men: Apocalipse .

Quarteto Fantástico chegará aos cinemas em 6 de agosto (com uma continuação já prevista para junho de 2017) e X-Men: Apocalipse tem estreia prevista para maio de 2016.

The Batman | Ben Affleck pode dirigir o novo filme do Morcego

Warner estaria planejando lançar o longa solo em novembro de 2018



Embora não esteja listado no cronograma de estreias da Warner Bros., um novo filme solo de Batman estrelado por Ben Affleck já é esperado depois de Batman vs Superman - A Origem da Justiça  e do filme da Liga da Justiça. Segundo o Latino Review , esse longa pode se chamar The Batman   e sair em novembro de 2018.

O site diz ainda que Chris Terrio, parceiro de Affleck em Argo e roteirista tanto de Batman vs Superman quanto de Justice League , estaria a cargo do roteiro - e Affleck seria o diretor. Por enquanto trate essas informações como boato. Uma confirmação pode sair na Comic-Con de San Diego, que acontece de 9 a 12 de julho e terá cobertura do XP.

Lanterna Verde | Novo filme pode ter dois ou três protagonistas

Estúdio estaria cogitando colocar mais de um Lanterna para proteger a Terra



Enquanto muitos fãs debatem se o próximo Lanterna Verde dos cinemas deveria ser Hal Jordan ou John Stewart, a Warner Bros. pode escolher a solução mais diplomática. Segundo o Collider , o estúdio estuda colocar mais de um Lanterna Verde da Terra no filme previsto para 2020.

Como o filme ainda está em estágios iniciais de desenvolvimento, muita coisa ainda é preliminar, mas o site diz que essa é uma das ideias que estariam sendo levantadas - colocar dois ou até três Lanternas Verdes da Terra para contracenar - o que daria mais espaço para expandir a Tropa dos Lanternas Verdes nos eventuais longas seguintes da franquia.

[Atualizado] Segundo o Latino Review , a Warner Bros. poderia já na Comic-Con de San Diego, agora no início de julho, anunciar dois novos Lanternas no cinema: Hal Jordan e John Stewart. Jordan seria vivido agora por Chris Pine - a notícia de que o ator fechou contrato para viver Steve Trevor no filme da Mulher-Maravilha serviria para "despistar" os fãs até o anúncio oficial dos novos Lanternas. Por enquanto trate essas informações como rumor. [Atualizado]

Nos quadrinhos, o setor da Terra já foi defendido por vários Lanternas Verdes, entre eles Hal Jordan (vivido no filme de 2011 por Ryan Reynolds), Kyle Rayner, Guy Gardner e John Stewart. Denzel Washington já foi cotado para viver o herói

Além do reboot que sai em 2020 e sua participação no filme da Liga da Justiça em 2017, não há nada confirmado pela DC/Warner sobre a nova versão do personagem.

Novos Vingadores da Marvel não tem tempo nem dinheiro, diz editor

A Marvel oficializou nesta quarta a nova HQ dos Vingadores , All-New, All-Different Avengers , que tem na sua formação - divulgada em março - Homem de Ferro, Visão, Nova, Ms. Marvel, a Thor Jane Foster, o Capitão América Sam Wilson e o Homem-Aranha Miles Morales.

A equipe criativa será a mesma que criou o especial distribuído em maio no Free Comic Book Day: Mark Waid nos roteiros e Mahmud Asrar nos desenhos. Além deles, Adam Kubert  também será desenhista da série, que começa em setembro nos EUA. Veja a capa da edição #1:


"Gosto da ideia de que acabamos com uma equipe de Vingadores que só tem um cara branco", diz Waid ao  Wall Street Journal . Ele se refere a Tony Stark; os demais integrantes, inclusive Nova, de ascendência latina, variam de etnias. "Acho que isso dá um chance mais ampla de nos conectar com um espectro maior do público", emenda o editor Tom Brevoort.

Enquanto a outra equipe de Vingadores atualmente, a A-Force, é conhecida por ser um time de mulheres, essa formação deve ficar marcada pela falta de tempo e dinheiro, embora tenha Tony Stark como integrante: "Eles são meio pobres e precisam administrar bem seus empreendimentos. Outro problema é que metade do time ainda precisa ir à escola", diz Brevoort.

O primeiro arco deve colocar os Vingadores "novos e diferentes" contra o chitauri Warbringer, vilão que já apareceu em histórias do Nova.

Vingadores - Guerra Infinita pode ter o vilão Magus


Vingadores - Guerra Infinita   pode ter a participação do vilão Magus, alter-ego vilanesco da entidade espacial Adam Warlock. A informação teria vindo de testes de elenco, segundo o SpoilerTV , que estariam para começar em Los Angeles. Por enquanto trate a noticia com desconfiança, porque os diretores Joe e Anthony Russo  estão atualmente ocupados rodando Capitão América - Guerra Civil.

Nos quadrinhos, Magus, criado em 1975 em Strange Tales  #178, tem participação na história da Manopla do Infinito porque se opõe a Adam Warlock e Thanos e cobiça para si o poder das gemas unificadas - e inclusive cria duplos malvados dos maiores heróis da Terra para completar seu objetivo.

Christopher Markus e Stephen McFeely escrevem Guerra Infinita - Parte 1 e Parte 2. A dupla assina os scripts de Capitão América: O Primeiro Vingador , Capitão América: O Soldado Invernal e Capitão América: Guerra Civil. Os filmes têm estreia prevista para 2018 e 2019.

terça-feira, 23 de junho de 2015

Marvel anuncia a nova HQ da Gwen Stacy Aranha e divulga capa

Depois de anunciar uma nova série do Homem-Aranha estrelada por Miles Morales, a Marvel Comics oficializou que a Gwen Stacy Aranha  também terá uma HQ solo quando a editora zerar numerações e apresentar 50 séries inéditas em setembro.

Spider-Gwen   terá a mesma dupla criativa que atualmente escreve a HQ, derivada das realidades paralelas do "Spider-verso", o roteirista Jason Latour  e o desenhista Robbi Rodriguez. Veja a capa da primeira edição, que deve sair entre setembro e outubro nos EUA:


A HQ deve seguir a trama da série atual, em que a Gwen Stacy da Terra-65 assume a identidade da aracnoheroína depois de ter sido picada por uma aranha radioativa. Embora os universos paralelos tenham sido incorporados ao universo regular depois das Guerras Secretas, Latour diz ao IGN que Spider-Gwen deve se ambientar no que sobrou na Terra-65 e, eventualmente, Gwen aparecerá em aventuras na Terra-616 (o universo regular da Marvel).

A Gwen Aranha havia sido apresentada no ano passado na saga Spider-Verse.

Vingadores: Era de Ultron vai ganhar mangá

Vingadores: Era de Ultron enfim estreará no Japão no dia 4 de julho, e para promover o filme a editora Kodansha vai publicar um mangá que serve de prelúdio à história do Homem de Ferro, intitulado Avengers: Age of Ultron Episode 0 .

A HQ sairá no dia 1º de julo na edição 31 da Shonen Magazine. Veja uma imagem publicada na edição 30, promovendo o mangá:


Yusaku Komiyama (Ixion Saga) escreve a história, em que Tony Stark se questiona "se sua luta o ajuda a proteger a pessoa que ele ama", segundo o resumo da editora.

No total, Vingadores: Era de Ultron já soma US$ 1,369 bilhão nas bilheterias (o primeiro filme fechou a sua passagem pelos cinemas com US$ 1,518 bilhão, a terceira maior arrecadação de todos os tempos).

The Walking Dead | Primeira imagem da sexta temporada sugere confronto em Alexandria

Série retorna com episódios inéditos em outubro


Foi divulgada a primeira imagem da sexta temporada de The Walking Dead . Confira a foto abaixo, que sugere um possível conflito em Alexandria:


A imagem promove também a presença da série na San Diego Comic-Con 2015 , que acontece entre 9 e 12 de julho nos EUA. O XP estará presente trazendo tudo sobre a convenção, então acompanhe para novidades sobre o evento.

The Walking Dead retorna com episódios inéditos em outubro na AMC nos EUA e pelo canal pago Fox no Brasil.

Homem-Aranha | Novo filme encontra ator e diretor


A Marvel encontrou o seu Homem-Arannha. Tom Holland (O Impossível) é o novo Peter Parker. O ator era o favorito da Sony Pictures e venceu a disputa pelo papel com Charlie Plummer, Matthew Lintz e Asa Butterfield.

O estúdio também anunciou o diretor do novo filme: Jon Watts, de Cop Car.

Os produtores  Kevin Feige e Amy Pascal estão planejando uma série de três a quatro filmes, um para cada ano de Peter Parker no colegial. Como dito anteriormente, a história de origem do herói não será contada novamente.

A trama do novo longa do herói ainda deve envolver a ameaça do Sexteto Sinistro (provavelmente sem relação com os vilões mostrados nos filmes anteriores). Antes do filme solo, o amigão da vizinhança deve aparecer em  Capitão América: Guerra Civil . O novo filme do Homem-Aranha chegará aos cinemas em 28 de julho de 2017.

Capitã Marvel | Produtoras de Agent Carter assumem a nova HQ

A Marvel   não perdeu tempo. Dois dias depois de Kelly Sue DeConnick anunciar que está deixando a HQ da Capitã Marvel, a editora anunciou a equipe criativa que assumirá a nova HQ da super-heróina. Tara Butters e Michele Fazekas, conhecida por produzir a série de TV Agent Carter, escreverão Captain Marvel , com desenhos de Kris Anka. Veja abaixo designs e a capa da edição #1, que deve sair entre setembro e outubro nos EUA.


Na trama, ambientada oito meses depois do fim das Guerras Secretas - salto temporal de todas as novas séries da Marvel - a SWORD (agência militar que policia a Terra contra ameaças espaciais) deixou de existir e Carol Danvers assume essa responsabilidade.

"Espera-se que Carol seja uma soldado e uma comandante, mas também uma diplomata. Estamos tentando construir esse ambiente espacial em que o leitor sinta que estamos numa extensão do mundo dos Vingadores no espaço, mas não perdido no meio do cosmo de Guardiões da Galáxia. É uma HQ com base na Terra mas que se estende à galáxia", diz a editora Sana Amanat à Fast Company .

DeConnick continua na atual série da heroína, Captain Marvel and the Carol Corps , só até o final das Guerras Secretas . Já Carol Danvers em breve começa a migrar para as telonas; a Marvel já marcou o filme solo da Capitã Marvel para 2018.

Batman: Arkham Knight | Versão de PC é lançada com bugs; estúdio tenta resolver problemas

Título foi lançado no exterior nesta terça (23)



Batman: Arkham Knight  foi lançado no exterior nesta terça-feira (23) e a versão de PC  tem vários problemas de desempenho, de acordo com diversas reclamações de jogadores desta platafoma.

Na página de Arkham Knight no Steam, na qual quase 70% das análises de jogadores são negativas, as reclamações citam problemas como glitches, áudio cliado e quedas na taxa de quadros. Os usuários também se queixam da falta de uma opção para destravar o limite de 30 quadros por segundo - a restrição só pode ser tirada ao mexer nos arquivos de configuração do game.

Nos fóruns de comunidade do game da WB Games , a Rocksteady  informou que está ciente dos problemas com a versão de PC. "Isso é algo que o estúdio leva muito a sério. Estamos trabalhando de perto com a desenvolvedora que fez a versão de PC para nos certificarmos de que esses problemas serão resolvidos o mais rápido possível", diz o comunicado. O estúdio responsável por adaptar Arkham Knight no PC não foi informado.

No próprio Steam, o vice-presidente de tecnologia para games da Warner Bros. Interactive, Gary Lake-Schall, informou que o estúdio está ciente de problemas sofridos por usuários que têm placas de vídeo da AMD. "Estamos trabalhando de perto com a fabricante para resolver os problemas o mais rápido possível e informaremos novidades assim que elas estiverem disponíveis. Agradecemos sua paciência neste assunto", escreveu. Tanto a AMD quanto a Nvidia  divulgaram atualizações de drivers para melhorar o desempenho de suas respectivas placas para Arkham Knight.

Batman: Arkham Knight é o segmento final na história começada em Arkham Asylum. O Espantalho reúne um time de vilões que inclui Pinguim, Duas-Caras e Arlequina para destruir o Cavaleiro das Trevas. O Bat-móvel será pilotável pela primeira vez na franquia. Além disso, a cidade de Gotham poderá ser explorada pelo jogador.

O game é desenvolvido pela Rocksteady, assim como a trilogia Arkham, e chega ao Brasil em 25 de junho. O jogo chega para PlayStation 4  e  Xbox One por R$ 249,90 e para PC por R$ 119,90 - os menus e as legendas também serão 100% em português.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Homem-Formiga terá a presença da heroína Vespa


De acordo com os nossos parceiros do Collider , Homem-Formiga terá a presença de Janet Van-Dyne, a heroína Vespa dos quadrinhos da Marvel.

"Nós a veremos brevemente em Homem-Formiga, embora não tenham anunciado a atriz que a viverá, pois veremos apenas um close-up em seus olhos. Vespa, que será a esposa de Hank Pym (Michael Douglas) no filme, aparecerá em um flashback, sem termos a certeza se ela morreu ou se perdeu quando estava diminuta. Pym culpa a S.H.I.E.L.D. e gosta muito de super-heróis. Serve como motivação para Pym não ser mais um herói por décadas e também explica a ausência de Vespa do longa. Além disso, sem sabermos o seu paradeiro, abre a possibilidade da heroína aparecer futuramente. Ela estaria bem mais velha, como Pym, ou o microverso impossibilitaria ela de envelhecer", diz a descrição da publicação.

O elenco tem Paul Rudd como Scott Lang/Homem-Formiga, Evangeline Lilly como Hope Van Dyne, Corey Stoll como Jaqueta Amarela, Bobby Cannavale como Paxton, Michael Peña como Luis, Judy Greer como Maggie e Michael Douglas como Hank Pym, entre outros.

Adam McKay assina, ao lado de Rudd, a última versão oficial do roteiro, escrito originalmente por Edgar Wright e Joe Cornish (Ataque ao Prédio). Gabriel Ferrari e Andrew Barrer foram contratados como roteiristas de produção, o que significa que a dupla esteve presente no set para revisões no script. Peyton Reed é o diretor.

Homem-Formiga estreia em 17 de julho.

Spider-Man | Miles Morales agora é o verdadeiro Homem-Aranha

A  Marvel   anunciou uma nova série do Homem-Aranha , que sairá a partir de setembro nos EUA, quando a editora lançará mais de 50 HQs novas. E o protagonista de Spider-Man será Miles Morales. Veja a capa da primeira edição:


O ex-Aranha do Universo Ultimate será, portanto, definitivamente incorporado ao universo regular de heróis da editora após a saga Guerras Secretas , atualmente em curso nas HQs da casa. Responsáveis por criar o jovem super-herói de origem portorriquenha em 2011, Brian Michael Bendis e Sara Pichelli serão, respectivamente, o roteirista e a desenhista da nova HQ de Morales.

Em entrevista ao New York Daily News , Bendis fez questão de frisar que este não será "um Homem-Aranha acompanhado de um asterisco", e sim "o verdadeiro Homem-Aranha". Tradicionalmente, os títulos das HQs do personagem vêm acompanhados de adjetivos - como Amazing Spider-Man e Spectacular Spider-Man - e o fato de a nova série se chamar apenas Spider-Man parece combinar com a declaração de Bendis.

De qualquer forma, o Aranha do antigo universo regular, Peter Parker, continuará em cena. Bendis diz ao jornal que Parker servirá de mentor para Morales. A Marvel deve anunciar outras HQs da linha Aranha na sua renovação editorial de setembro e é bastante provável que alguma delas tenha Parker como protagonista.

domingo, 21 de junho de 2015

X-Men: Apocalipse | Wolverine confirmado no filme


Hugh Jackman estará em X-Men: Apocalipse . Pelo menos é o que afirma uma empresa de artigos de couro de luxo de Nova York, que recebeu uma encomenda do ator enquanto o astro participava das filmagens do novo filme dos mutantes em Montreal (via Heroic Hollywood ). O ator disse em diversas ocasiões que estava se aposentando de Wolverine (com Wolverine 3 , previsto para 2017, sendo seu último filme no papel), mas em uma entrevista recente se mostrou aberto a participações em X-Men e Deadpool.

X-Men: Apocalipse  se passará em 1983 e terá os retornos de Mística (Jennifer Lawrence), Magneto (Michael Fassbender), Fera (Nicholas Hoult), Xavier (James McAvoy) e Mercúrio (Evan Peters). Oscar Isaac será o vilão Apocalipse e Rose Byrne voltará como Moira MacTaggert. Ciclope (Tye Sheridan), Tempestade (Alexandra Shipp) e Jean Grey (Sophie Turner) aparecerão nas suas versões jovens. Olivia Munn viverá Psylocke e Lana Condor será Jubileu. O filme também pode contar com a participação de Halle Berry (Tempestade). 

X-Men - Apocalipse chegará aos cinemas em 27 de maio de 2016.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Divertida Mente | Crítica

Divertida Mente é hilário, emocionante, criativo e tudo que um adulto e uma criança podem querer de uma animação.



Eu não acho que a Pixar tenha lançado um filme original tão bom quanto Divertida Mente desde 2008, sete anos atrás com Wall-E. Não que o estúdio não tenha lançado filmes bons desde então, Toy Story 3 discutivelmente é o melhor deles é mais recente, mas é uma sequencia, já Divertida Mente, ou Inside Out no original é uma verdadeira explosão de criatividade e inventividade tanta na criação do mundo quanto na forma como o desenho trabalha suas ideias e é completamente novo, indo contra aquela falácia de que não há mais boas coisas originais no cinema e que tudo é sequencia.

De todos os filmes da Pixar que tem essa brilhante dupla facetagem de ser igualmente adulto e infantil, esse é provavelmente o que tem mais coisas para adultos escondidas no subtexto. Um exemplo disso é que já no inicio do filme nós vemos uma rápida explicação de como funciona a mente humana naquele universo, transformando conceitos psicológicos em formas visuais e desde desses primeiros minutos com o nascimento de Riley nós já conseguimos extrapolar como funciona aquele conceito para outras pessoas.


Como seria a mente de alguém com depressão? De alguém com esquizofrenia? De alguém com Alzheimer? São dúvidas que com um pouco de imaginação você consegue responder usando as ferramentas que o próprio filme te dá. Inclusive esse longa tem algumas breves, mas assustadoras passagens para quem está ligado nesses pequenos detalhes que quase insinua que aquela menina poderia ter uma ou mais dessas doenças se não fosse graças aos eventos do filme.

A ideia de que cada pessoa tem 5 sentimentos trabalhando para controlar suas ações é interessante, Alegria e Tristeza, as duas protagonistas acabam ganhando mais destaque do que Nojo, Medo e Raiva, apesar de que em certo momento esses três juntos têm até bastante coisa a fazer, mas não tanto individualmente.


Como era de se esperar numa criança, o sentimento líder é a Alegria e a vasta maioria das suas memórias são douradas, cor da felicidade, mas isso fica limitado a nossa protagonista, já que nos adultos ou eles aparentam não ter líder ou o líder é outro, como no caso da mãe de Riley, a líder é a Tristeza, embora ela nunca se demonstre triste, apenas ponderada. Mas justamente pela líder da mente de Riley ser a Alegria, o conflito do filme começa já que a Alegria quer evitar a Tristeza como se ela fosse algo completamente ruim, mas sem entender que esse sentimento também é parte da vida de qualquer pessoa madura e a Riley está justamente amadurecendo.

Alegria é interpretada muito bem no original por Amy Poehler, mas como você provavelmente não vai encontrar esse filme legendado por aqui, vale dizer que a personagem também ganhou uma dublagem interessante no Brasil por conta de Miá Mello, que talvez seja o único destaque da dublagem brazuca. Mas voltando a personagem, ela é o exemplo de personagem feminina forte que a Pixar vem tentando construir desde Valente, que particularmente eu acho um péssimo filme. A própria Riley, uma menina de 11 anos que já é independente e é uma jogadora de hóquei também não fica atrás nesse quesito, apesar de que qualquer humano no filme fique meio limitado a ser um robô controlado por suas emoções.


Pete Docter acertou mais uma vez em cheio ao criar sua nova obra da Pixar e dessa vez ele conseguiu dar um ritmo ainda melhor do que o de Up, sempre tendo algo agitado e ao mesmo tempo emocional acontecendo no meio daquela explosão de cores. As cenas que envolvem o ex-amigo imaginário de Riley mostram isso perfeitamente, desde quando ele aparece de forma agitada e hilária como todo o resto do filme, até a forma como ele sai da história para ela voltar ao seu estado normal numa cena empolgante e emocional. Sua direção ainda é delicada para mostrar certas coisas na vida e na mente da menina sem precisar explicitar isso com diálogos, as mudanças de maturidade dela são perceptíveis através do visual do filme, quando ela entra na adolescência, por exemplo, nós vemos que seu painel de controle aumentou e ganhou mais botões para os sentimentos trabalharem, inclusive ganhou um com “todos os palavrões disponíveis” o que deixa o Raiva particularmente empolgado e faz todos caírem na gargalhada.

Divertida Mente é um espetáculo visual e emocional que vai agradar qualquer criança e eu arrisco a dizer que qualquer adulto também e para quem é fã de testemunhar obras inventivas e criativas que conseguem criar mundos fictícios funcionais e bem feitos, esse filme é o filme que você estava procurando nos cinemas. E pensar que estamos na metade de 2015 e se não fosse unicamente por Mad Max: Estrada da Fúria, o melhor filme lançado no ano teria sido uma animação, o que me faz lembrar da época de ouro da Pixar, que esse filme facilmente trouxe de volta e com toda força.

Nota Final

10/10

terça-feira, 2 de junho de 2015

Rocksteady pode estar envolvida com novo game da Liga da Justiça


Batman: Arkham Knight está virando a esquina e deixando os fãs da série cada vez mais ansiosos. Lutas empolgantes e até a possibilidade de dirigir o Batmóvel vão segurar o hype dos gamers por um bom tempo. Contudo, igual a todo estúdio, a Rocksteady já deve estar dando andamento ao próximo título do morcego salvador — pelo menos, é o que esperamos.

Em entrevista à Eurogamer, o social manager da Rocksteady, Gaz Deaves, não deu as cartas. Mas ele também não negou que este seria o último Batman desenvolvido pelo estúdio. Veja o trecho da conversa:

"Este é o último jogo Arkham, mas será que este vai ser o último jogo Batman da Rocksteady?", perguntou o site. E a resposta sucinta: "É o último na série Arkham".

Acredita-se que os games acompanhem a tendência dentro universo da DC Comics. Por isso, rumores indicam que a Rocksteady deve trabalhar em um possível jogo da Liga da Justiça — outros games que utilizam a Liga são o Injustice: Gods Among Us e LEGO Batman 2 e 3.

E você? O que espera para o futuro do morcegão que não voa? Diga nos comentários.

Batman: Arkham Knight não terá telas de loading, diz diretor

O carregamento será feito dinamicamente como nos outros títulos da série





No quarto vídeo da série "Official Batman: Arkham Insider", Sefton Hill, diretor de Batman: Arkham Knight, afirmou que não haverá telas de loading durante o jogo. Como nos outros títulos da série, o carregamento é feito dinamicamente, enquanto o game está rodando.


Naturalmente, isso dará uma fluidez espetacular, já que a partida não será interrompida pelos acessos ao disco rígido ou Blu-ray.


Hill também falou do Batmóvel, que vai oferecer velocidade e liberdade para o jogador, complementando a experiência de ser o Homem-Morcego. O carro poderá ser usado para derrubar portões, por exemplo, e, com os mísseis, vai destruir os oponentes.

Dirigibilidade top

O Batmóvel, claro, não é um carro comum, tendo a capacidade de andar em todas as direções. Isso quer dizer que é possível se deslocar lateralmente, como se o jogador estivesse a pé. Isso traz uma vantagem estratégica enorme, pois permite esquivar e atacar ao mesmo tempo. O automóvel do Homem-Morcego também terá um dispositivo que hackeia os veículos inimigos.

O jogo ainda terá o modo New Game Plus, em que se pode iniciar uma nova partida herdando os pontos de experiência e os itens de uma conta que já terminou o game. Batman: Arkham Knight está sendo desenvolvido para PC, PlayStation 4 e Xbox One e seu lançamento está marcado para 23 de junho.